HISTÓRICO


O Prêmio Cataratas de Contos e Poesias foi instituído pelo decreto 7.623 de 1991, como forma de fomentar a produção de contos e poesias na tríplice fronteira, abrindo espaço para escritores/as, poetas e aprendizes. Os trabalhos encaminhados anualmente são avaliados pela comissão julgadora nomeada pela Fundação Cultural. Os dez melhores trabalhos de cada categoria são publicados em formato de livro e posteriormente distribuídos aos autores selecionados. Cada autor/ra recebe um número determinado de exemplares. A publicação fica a cargo da Fundação Cultural. Aos escritores locais também é reservada uma categoria específica para premiação.

Ano 2018 - Download PDF